Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Rua(obrigatório)

Bairro (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Você pode enviar uma foto

     
Visualizar Perfil
André Nasser
ANDRÉ ROMÃO NASSER
PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Carlos Tourinho
CARLOS ALBERTO PRADO
PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro
Carlos Alberto Prado, mais conhecido por Carlos Tourinho, nasceu em Paraguaçu no dia 8 de fevereiro de 1965, filho de Jose Geraldo Prado e Maria Aparecida Prado. Em 1971, iniciou seu curso primário no Grupo Escolar Pedro Leite, transferindo-se para o Juvenato do Sagrado Coração de Jesus, na condição de semi-interno, para a conclusão da quinta a oitava série. Prestou o serviço militar para o Exército em Três Corações, na unidade da Escola de Sargento das Armas, em 1984. Em 1992, casou-se com Lidia Moreira da Silva, filha de José Moreira da Silva e Tereza Cândida de Jesus. Sua primeira filha, Jéssica Cristina Silva Prado, nasceu em 17 de agosto de 1993. Em 1999, nasceu seu filho Pedro Augusto Silva Prado, no dia 9 de julho. Em 2001, candidatando-se pelo PFL, elegeu-se vereador com 322 votos, na época em que Evandro Barbosa Bueno comandava a Prefeitura, sendo seu vice José Geraldo Prado ( Zé Tourinho). Candidatou-se novamente em 2004, conseguindo eleger-se pelo PSL com a contagem de 202 votos. Mas ficando na suplência. Contando com sua grande popularidade, candidatou-se à câmara em 2008, conseguindo eleger-se pelo PSC com a contagem 278 votos, mas ficando mais uma vez na suplência. Em fevereiro de 2009 foi contratado pela Prefeitura de Paraguaçu para exercer a função de chefe de divisão de Meio Ambiente, sendo eleito em segunda votação presidente do Codema (Conselho Municipal de Meio Ambiente) pelo mandato de dois anos, na época em que Gantus Nasser comandava a Prefeitura, sendo seu vice Mauro Nasser (Maurinho). Voltou a estudar em 2010, diplomando-se pelo Centro Superior de Ensino e Pesquisa de Machado com o título de habilitação profissional de Química, como Tecnólogo em Gestão e Perito Ambiental, em 2012 passou a trabalhar na função de balconista da Drogaria Americana. Em 2013 passou a Trabalhar na função de balconista na Drogaria e Farmácia Viva Farma onde permanece até nos dias de hoje. Candidatou-Se novamente em 2016 conseguindo eleger-se pelo PMDB com a contagem de 271 votos. No dia três de fevereiro de 2017, sua filha Jéssica Cristina Silva Prado formou-Se em Psicologia.
Visualizar Perfil
Claudiney Teté
CLAUDINEY GONÇALVES CAMARGO
PSC – Partido Social Cristão

(35)84458044
Claudiney Gonçalves Camargo, mais conhecido por Teté, nascido em 30 de Novembro de 1973 , natural de Paraguaçu, filho de Luis Camargo e Maria Auxiliadora Gonçalves Camargo, atualmente é casado com Adriana Gonçalves Alves Camargo pai de 2 filhas, Jessica Gonçalves Camargo e Geisiane Gonçalves Camargo, estudou na sua infância na Escola Municipal Alfredo Galdino e começou a trabalhar de lavrador na Ipanema Agro Indústria aos 14 anos de idade, posteriormente trabalhou na Empresa Paraguaçu Têxtil, onde ficou por 6 anos, em seguida trabalhou na cidade vizinha de Elói Mendes na Empresa Souza Campos como tecelão. No dia 13 de Outubro de 2000 deparou-se com uma situação (Uma mulher estava chorando na rua, precisando de doadores de sangue para seu filho que estava hospitalizado devido a um acidente, eram 14:00 hrs e a mulher não havia conseguido encontrar nenhum doador desde a manhã daquele dia e então Teté se comoveu-se e saiu a procura de doadores, conseguiu 20) que posteriormente o levaria a desenvolver um trabalho social voluntário, formando um grupo de doadores de sangue denominadoGRUPO DE DOADORES DE SANGUE SALVANDO VIDA, AMOR AO PRÓXIMO, Hoje o Grupo conta com cerca de 1300 doadores, que todo o sábado se dispõem a doar um pouco de seu tempo para ajudar o próximo. Atualmente ocupa uma das 9 cadeiras do Legislativo Municipal, eleito com 582 votos nas eleições municipais de 2012; Na câmara ocupa o cargo de secretário da comissão de urbanismo e infraestrutura Municipal.
Visualizar Perfil
Cléber Vigato
CLÉBER VIGATO
PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Pastor João
JOÃO BATISTA MARCIANO
PDT – Partido Democrático Trabalhista

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
José Maria
JOSÉ MARIA RAMOS
DEM – Democratas
Presidente da Câmara Municipal
O vereador esta preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Luizinho da Samantha
LUIZ ANTONIO CORREIA
DEM – Democratas

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Marquinho Trovador
AMERICO FRANCISCO BORGES NETO
PP– Partido Progressista

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Wander do Jovino
WANDER TAVARES SANTOS
PDT – Partido Democrático Trabalhista
O vereador esta preparando sua biografia.


Sessão solene da Câmara celebra os dez anos de atividade do Centro Social Juvenato em Paraguaçu

Postado por: Assessoria de Imprensa


 

 

TRABALHO SOCIAL

Juvenato 10 anos sessão solene (1)

Clique para ampliar e abrir galeria

Surgido em 2003 como Projeto Juvenato, o Centro Social Juvenato precisou de pouco tempo para se tornar uma das iniciativas sociais e educacionais mais relevantes da história de Paraguaçu. Desde o início do nobre trabalho de acolhimento a crianças e adolescentes em vulnerabilidade social, estima-se que quase mil jovens do município já tenham sido atendidos.

Para celebrar esta trajetória de uma década, a Câmara promoveu uma sessão solene no último dia 11 de dezembro, quando dezenas de pessoas ligadas ao projeto puderam relembrar histórias e conhecer em detalhes as atividades desenvolvidas atualmente.

Entre os presentes, os elogios ao projeto foram unânimes. “É o maior projeto social já implantado no nosso município, que cumpre um papel importante para o futuro de nossas crianças e para a cidade”, ponderou o presidente da Câmara, Professor Rafael. “Hoje a gente vê o resultado do projeto. Quando vou ao Juvenato vejo o trabalho dos educadores e as crianças, a alegria no rosto de cada um. Nós temos que ressaltar a importância disso e buscar expandir cada vez mais”, complementou o vereador Rafael da Quadra.

 

MÚSICA E HOMENAGENS

A programação da solenidade destinou espaço para a apresentação de um balanço dos dez anos do centro social, conduzida pela assistente social Leidilaine Aparecida Lourenço e formalizada no lançamento de uma revista especial distribuída durante a sessão.

Além disso, a comemoração também registrou números musicais do Coral Irmão Simeão, o pronunciamento do Irmão Flávio Leandro Neto — que falou em nome do superior provincial José Roberto Carvalho — e a entrega de placas de homenagem aos cidadãos que se mobilizaram pelo início do projeto em 2003: Evandro Barbosa Bueno, José Tibúrcio do Prado Neto, José Roberto Tomé e Arnelindo Marcolino Araújo. O gerente Alfredo Lemos Armada Júnior foi lembrado em nome da Coságua, cujas tarifas de água revertem uma pequena porcentagem ao projeto.

 

MISSÃO NOBRE

A década de transformação social vivenciada pelo Juvenato rendeu avaliações muito positivas e um senso de orgulho por ver desenvolvida a iniciativa aqui em nosso município. “O que o Centro Social Juvenato mais buscou nesses dez anos em Paraguaçu foi a formação de cidadãos autônomos e atuantes na sociedade, crianças e adolescentes livres, sonhadores, honestos e conscientes de seus direitos e deveres, capazes de transformar a sua realidade, buscando um mundo melhor para todos”, afirmou o Irmão Flávio. “Ao longo desse período, o centro efetivou um trabalho transformador na vida de muitos e muitas e, consequentemente, na de seus familiares e na comunidade como um todo”, avaliou, por sua vez, o atual diretor do projeto, Irmão Márcio Nonato Diniz Ferreira.

Em seu discurso, o ex-vereador e diretor escolar José Roberto Tomé relembrou os primeiros movimentos para implantar o projeto em Paraguaçu e salientou que o centro social antecipou as políticas públicas assistenciais que hoje são tidas como fundamentais pelos governos brasileiros, analisando ainda a missão dos Irmãos no Juvenato. “Com o Projeto Juvenato os Irmãos do Sagrado Coração reencontraram em Paraguaçu a missão preconizada pelo fundador, padre André Coindré, quando afirmou que servir ao povo de Deus, especialmente aos jovens e pobres”.

 

A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO PARAGUAÇUENSE PASSA PELO JUVENATO

A história do Juvenato em Paraguaçu teve início em 1955, com os irmãos do Sagrado Coração vindos do Canadá. Iniciativas semelhantes já existiam no Paraná, em São Paulo e na mineira Campanha. De início era uma casa de formação em regime de internato, depois ambiente escolar regular e há dez anos Centro Social Juvenato. O Centro Social Juvenato oferece atividades de recreação, práticas esportivas, artesanato, coral e instrumentos musicais, informática e reforço escolar. O público-alvo da entidade são crianças e adolescentes de 6 a 15 anos de ambos os sexos que estejam em situação de vulnerabilidade social, encaminhados pela rede de proteção social do Município: Cras, Conselho Tutelar, Ministério Público, escolas municipais e estaduais ou por procura espontânea dos pais e/ou responsáveis. Atualmente são atendidos 220 jovens, com uma equipe composta por 17 educadores e um amplo espaço físico, que comporta, além das salas de aula, refeitório, brinquedoteca, piscina, campos de futebol, quadra aberta, playground, salão de jogos e até um ginásio poliesportivo. Lá se desenvolve um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, que proporciona boa formação e a consolidação de valores morais, contribuindo para que os beneficiários se reconheçam como sujeitos de direitos e reúnam condições adequadas para o seu crescimento pessoal, familiar e social.

 

Juvenato 10 anos sessão solene (2) Juvenato 10 anos sessão solene (3) Juvenato 10 anos sessão solene (4) Juvenato 10 anos sessão solene (5) Juvenato 10 anos sessão solene (6) Juvenato 10 anos sessão solene (7) Juvenato 10 anos sessão solene (8) Juvenato 10 anos sessão solene (9) Juvenato 10 anos sessão solene (10) Juvenato 10 anos sessão solene (11) Juvenato 10 anos sessão solene (12) Juvenato 10 anos sessão solene (13) Juvenato 10 anos sessão solene (14) Juvenato 10 anos sessão solene (15) Juvenato 10 anos sessão solene (16) Juvenato 10 anos sessão solene (18) Juvenato 10 anos sessão solene (19) Juvenato 10 anos sessão solene (20) Juvenato 10 anos sessão solene (45)

 


É autorizada a reprodução das notícias mediante a citação da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Paraguaçu.

Se você possui alguma crítica, elogio, dúvida, sugestão, solicitação ou reclamação, utilize a ouvidoria parlamentar .