C├ómara promove primeira audi├¬ncia setorial para discutir propostas do or├žamento de Paragua├žu para 2015 – C├ómara Municipal de Paragua├žu

C├ómara promove primeira audi├¬ncia setorial para discutir propostas do or├žamento de Paragua├žu para 2015

porederpcu

C├ómara promove primeira audi├¬ncia setorial para discutir propostas do or├žamento de Paragua├žu para 2015


 

unnamed

DEBATE PÚBLICO

Uma vez por ano, sempre no primeiro semestre, a C├ómara de Paragua├žu promove um encontro p├║blico para discutir as diretrizes do or├žamento do pr├│ximo exerc├şcio administrativo. As audi├¬ncias da chamada LDO j├í s├úo tradicionais no nosso munic├şpio.

Mas agora a C├ómara inovou no formato e passou a promover reuni├Áes setoriais para o debate da Lei de Diretrizes Or├žament├írias. A primeira delas ocorreu na ├║ltima quarta-feira, 7 de maio, com o prop├│sito de alinhar propostas para os setores de Agricultura e Desenvolvimento econ├┤mico.

Com a participa├ž├úo de diversas lideran├žas do meio rural e da ├írea comercial, os vereadores analisaram os itens j├í listados no projeto original da LDO enviado pelo Executivo no m├¬s de abril. Divididos em tr├¬s grupos, os participantes discutiram, por exemplo, a possibilidade de excluir propostas vinculadas ao setor da Agricultura, como a manuten├ž├úo do canil municipal, tida como responsabilidade do setor epidemiol├│gico, da secretaria municipal de Sa├║de.

Os cidad├úos presentes tamb├ęm estabeleceram novas propostas, que ao fim do debate foram apresentadas por um representante de cada grupo. Entre as sugest├Áes definidas na audi├¬ncia, destacam-se, para o setor de Agricultura, o incentivo ├á piscicultura, a instala├ž├úo de tanques-leite e terreiros de caf├ę na zona rural, a patrulha agr├íria, a instala├ž├úo de mata-burros, o alargamento das estradas rurais, aquisi├ž├úo de um trator, constru├ž├úo de fossas ecol├│gicas rurais, cria├ž├úo de fundo para defesa civil rural, incremento no incentivo ├á Associa├ž├úo Terra do Marolo e programas de est├şmulo ├á pecu├íria leiteira.

Para o setor de Desenvolvimento econ├┤mico, os participantes da audi├¬ncia reivindicaram propostas como a instala├ž├úo de um novo distrito industrial, conv├¬nios e programas de capacita├ž├úo de m├úo de obra, a├ž├Áes de propaganda e marketing para alavancar a ind├║stria e o com├ęrcio locais e a defini├ž├úo de um secret├írio municipal para a pasta.

Na avalia├ž├úo do presidente da C├ómara, Professor Rafael, o formato das reuni├Áes setoriais favorece o aprofundamento do debate e propicia mais oportunidades de participa├ž├úo da popula├ž├úo no processo legislativo. ÔÇťO nosso objetivo ├ę fazer uma lei que realmente tenha resultados para o nosso munic├şpio. E qual foi a nossa ideia? Fazer a discuss├úo or├žament├íria por setor, e em cada setor convidar as pessoas que atuam nessas ├íreas e t├¬m muito a contribuir com o nosso projetoÔÇŁ, explicou. ÔÇťCada representante das institui├ž├Áes presentes na audi├¬ncia representa dezenas e at├ę centenas de outras pessoas. Ele ├ę a voz da sua institui├ž├úo representando diversas fam├şliasÔÇŁ, complementou Rafael.

PROGRAMAÇÃO QUE SEGUE
As audi├¬ncias setoriais para discuss├úo da LDO 2015 seguem nas pr├│ximas seis quartas-feiras, sempre a partir das sete da noite na sede da C├ómara, na Rua Jos├ę Bueno, n├║mero 20. Na pr├│xima semana os temas discutidos ser├úo Educa├ž├úo e cultura e Esporte e lazer. Contamos com a sua presen├ža.

 

foto (4) foto (5) foto (6)


Sobre o Autor

ederpcu administrator

Deixe uma resposta