Segunda reuniĂŁo dos vereadores mirins traz pronunciamento de sargento Ă  tribuna livre da Câmara – Câmara Municipal de Paraguaçu

Segunda reunião dos vereadores mirins traz pronunciamento de sargento à tribuna livre da Câmara

porederpcu

Segunda reunião dos vereadores mirins traz pronunciamento de sargento à tribuna livre da Câmara


 

CĂ‚MARA MIRIM

 

10534741_619798624784393_2193503081572007019_n (1)

 

Na primeira sessão da Câmara Mirim, em maio, dois grandes temas se destacaram nas discussões em plenário: o grande número de cães vagando soltos pela cidade e a má iluminação em vários pontos da zona urbana e da zona rural.

Agora, o segundo encontro, realizado na sede da Câmara na noite de 30 de junho, desenvolveu novos debates produtivos, desta vez conduzidos pela vice-presidente, Tatiane Ferreira Leal.

O principal tema discutido foi levantado por indicação do estudante Caíque Silva Mateus, que reivindicou um programa mais efetivo de treinamento esportivo nas aulas de Educação Física na Escola Municipal de Guaipava.

“Lá no bairro da Colina tem um projeto que tem os treinos de futsal e vôlei. Como nós de Guaipava não fomos bem no Joep [Jogos Estudantis de Paraguaçu], eu queria que colocasse um projeto quase igual o da Colina em Guaipava. Lá já tem a quadra, a única coisa que mudaria de lá seria o horário e o transporte. Se colocasse esse projeto, teria como nós termos melhor desempenho em jogos contra outras escolas ou jogos estaduais”, analisou Caíque.

Outro avanço sugerido no debate dos mirins foi a melhoria, ou até mesmo o asfaltamento, das estradas rurais de maior fluxo no município.

PAPO POLICIAL
A reunião dos vereadores mirins abriu espaço ainda para a participação na tribuna livre do sargento Lourival Ferreira Martins, conhecido por seu longo trabalho à frente do Proerd, o Programa Educacional de Resistência às Drogas, que durante seis anos o manteve em contato com os estudantes de Paraguaçu. Ele explicou detalhes do combate ao uso de entorpecentes na cidade e destacou a relevância da conscientização de crianças e adolescentes.

“O que a gente tem percebido é que as pessoas ficam mais conscientes. Se ela tiver de usar drogas, infelizmente pode falar o que for na cabeça dela que ela vai fazer aquilo mesmo. Mas nesse período aí eu pude perceber que eu consegui trabalhar com aproximadamente 5 mil pessoas e eu acho que não deve ter chegado aos 3% dessas pessoas que passaram pelo Proerd e que entraram no mundo das drogas. Então quer dizer que eu acho que o resultado é uma coisa muito boa”, destacou.

10511354_619798268117762_7746292172654196491_n

Depois de responder a diversas perguntas dos estudantes sobre o trabalho da Polícia, o sargento enfatizou o pioneirismo da Câmara Mirim e o valor da iniciativa. “A política é uma das coisas mais saudáveis que existem no nosso mundo. Se não tiver a política, nós vamos parar num lugar ruim, isso é garantido. Porque a política vai gerar discussão, vai gerar a troca de informações, e é onde nós podemos estar participando, afinal de contas nosso país é democrático. Então a criação dessa Câmara, a Escola Mirim aqui de Paraguaçu nós temos que parabenizar a todos. Principalmente a vocês, adolescentes, que saem de casa para estar tratando de política. Não é fácil. Que continuem assim e que possam ser exemplos para outros jovens”, concluiu Lourival.

As indicações discutidas pelos vereadores mirins já foram encaminhadas a título de sugestão à Câmara e também aos órgãos competentes do Executivo municipal. A próxima reunião, a terceira do Legislativo mirim, deve acontecer na última semana de julho.

As atividades dos vereadores mirins podem ser acompanhadas por todos os canais de comunicação da Câmara: o informativo Tribuna Livre, o site www.camaradeparaguacu.mg.gov.br, o programa de rádio Semana Legislativa e as transmissões das sessões ordinárias por meio da Rádio e TV Objetiva.


Sobre o Autor

ederpcu administrator

Deixe uma resposta