Em terceiro encontro desde a posse, vereadores mirins debatem atuação do Conselho Tutelar e propõem alternativas a problemas da cidade – Câmara Municipal de Paraguaçu

Em terceiro encontro desde a posse, vereadores mirins debatem atuação do Conselho Tutelar e propõem alternativas a problemas da cidade

porederpcu

Em terceiro encontro desde a posse, vereadores mirins debatem atuação do Conselho Tutelar e propõem alternativas a problemas da cidade


 

CĂ‚MARA MIRIM

3reuniaoCamaraMirim 012

Raphael de Oliveira Moura – Presidente da Câmara Mirim

Na noite de 8 de agosto a Câmara recebeu mais uma reunião dos vereadores mirins de Paraguaçu. É o terceiro encontro dos estudantes eleitos desde a cerimônia de posse, ocorrida no mês de abril. A dinâmica da reunião foi semelhante a da anterior: os mirins receberam a visita de um convidado especial na tribuna livre e, em seguida, discutiram com desenvoltura problemas da cidade sob a ótica da juventude.

Depois de abrir espaço para o secretário municipal de Esportes, Sydney Paulo da Silva, e o sargento e instrutor do Proerd, Lourival Ferreira Martins, a tribuna registrou a presença de Wagner dos Santos, presidente do Conselho Tutelar de Paraguaçu.

Encarregado de se pronunciar na abertura da reunião, Wagner foi claro e objetivo para explicar como funciona o trabalho dos conselheiros e para traçar um panorama sobre os desafios que a cidade enfrenta na efetivação dos direitos e do bem-estar das crianças e dos adolescentes.

3reuniaoCamaraMirim 008

Wagner dos Santos – Presidente do Conselho Tutelar de Paraguaçu

 

“Crianças e adolescentes — e não menores, como era antigamente — são sujeitos dignos de direito, não são mais vistos como adultos em miniatura. E também são sujeitos dignos de receber todo atendimento em ordem pública com precedência prioritária e absoluta. Vocês sempre serão, na visão política, os primeiros a serem atendidos e de forma universal”, considerou Wagner.

Além disso, ele esclareceu quais são os mecanismos disponíveis para acionar os conselheiros tutelares e demais autoridades em caso de necessidade ou de denúncia, mencionando os telefones de contato 3267-1818 (Conselho Tutelar), 3267-2080 (Ministério Público), 190 (Polícia Militar), 197 (Polícia Civil) e 100 (Direitos Humanos).

REIVINDICAÇÕES
Na sequência, os estudantes debateram questões consideradas relevantes para a comunidade, com base em seis indicações por eles propostas ao longo do último mês.

A aluna da Escola Pedro Leite Lara Campos Borim, por exemplo, reivindicou a reativação da fonte luminosa da Praça Oswaldo Costa, pedido que foi reforçado por Lorraine Xavier Silva.

“Muitas pessoas que vêm de outras cidades vão à praça, e é bom deixar uma boa imagem sobre a cidade. Com a fonte, tudo ia ficar muito mais bonito também. Antigamente a praça de Paraguaçu era uma das mais bonitas da região”, ponderou Lara.

“A fonte era um ponto turístico de Paraguaçu e muita gente deixou de vir para cá porque a cidade está muito mal tratada. Então colocando alguma coisa para atrair os turistas, deixando a cidade com a imagem mais atraente, ajudaria muito. Para muitas pessoas a cidade é mal vista, e não é bem assim que as coisas são”, complementou Lorraine.

O asfaltamento e manutenção das estradas rurais, com destaque especial para a estrada que leva ao distrito de Guaipava, também foi tema das considerações do plenário por indicação dos alunos Maria Fernanda Alves Silva e Caíque Silva Mateus. Caíque também reivindicou a implantação de uma academia ao ar livre em Guaipava.

A aluna da Escola Maria Antonieta Alvarenga Dalva Lemos Souza sugeriu a reforma das instalações de seu colégio, no bairro Colina São Marcos. E o presidente da Câmara Mirim, o estudante Raphael Oliveira Moura, alertou para a manutenção dos refletores da quadra esportiva da Vila Samanta.

“Faz tempo que a luz já não está pegando. E era tão bom quando tinha luz lá, porque ia muita gente jogar, a gente treinava. Era uma das melhores coisas que tinha no bairro. Agora que acabou a luz, quase ninguém joga bola mais, todo mundo está desanimando”, alertou Raphael.

ENCAMINHAMENTOS
As indicações discutidas pelos vereadores mirins já foram encaminhadas a título de sugestão à Câmara e também aos órgãos competentes do Executivo municipal. A próxima reunião, a quarta do Legislativo mirim, deve acontecer na primeira semana de setembro.

As atividades dos vereadores mirins podem ser acompanhadas por todos os canais de comunicação da Câmara: o informativo Tribuna Livre, o site www.camaradeparaguacu.mg.gov.br, o programa de rádio Semana Legislativa e as transmissões das sessões ordinárias por meio da Rádio e TV Objetiva.

Confira a galeria de fotos completa clicando aqui.


Sobre o Autor

ederpcu administrator

Deixe uma resposta