Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Rua(obrigatório)

Bairro (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Você pode enviar uma foto

     
Visualizar Perfil
André Nasser
ANDRÉ ROMÃO NASSER
PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Carlos Tourinho
CARLOS ALBERTO PRADO
PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro
Carlos Alberto Prado, mais conhecido por Carlos Tourinho, nasceu em Paraguaçu no dia 8 de fevereiro de 1965, filho de Jose Geraldo Prado e Maria Aparecida Prado. Em 1971, iniciou seu curso primário no Grupo Escolar Pedro Leite, transferindo-se para o Juvenato do Sagrado Coração de Jesus, na condição de semi-interno, para a conclusão da quinta a oitava série. Prestou o serviço militar para o Exército em Três Corações, na unidade da Escola de Sargento das Armas, em 1984. Em 1992, casou-se com Lidia Moreira da Silva, filha de José Moreira da Silva e Tereza Cândida de Jesus. Sua primeira filha, Jéssica Cristina Silva Prado, nasceu em 17 de agosto de 1993. Em 1999, nasceu seu filho Pedro Augusto Silva Prado, no dia 9 de julho. Em 2001, candidatando-se pelo PFL, elegeu-se vereador com 322 votos, na época em que Evandro Barbosa Bueno comandava a Prefeitura, sendo seu vice José Geraldo Prado ( Zé Tourinho). Candidatou-se novamente em 2004, conseguindo eleger-se pelo PSL com a contagem de 202 votos. Mas ficando na suplência. Contando com sua grande popularidade, candidatou-se à câmara em 2008, conseguindo eleger-se pelo PSC com a contagem 278 votos, mas ficando mais uma vez na suplência. Em fevereiro de 2009 foi contratado pela Prefeitura de Paraguaçu para exercer a função de chefe de divisão de Meio Ambiente, sendo eleito em segunda votação presidente do Codema (Conselho Municipal de Meio Ambiente) pelo mandato de dois anos, na época em que Gantus Nasser comandava a Prefeitura, sendo seu vice Mauro Nasser (Maurinho). Voltou a estudar em 2010, diplomando-se pelo Centro Superior de Ensino e Pesquisa de Machado com o título de habilitação profissional de Química, como Tecnólogo em Gestão e Perito Ambiental, em 2012 passou a trabalhar na função de balconista da Drogaria Americana. Em 2013 passou a Trabalhar na função de balconista na Drogaria e Farmácia Viva Farma onde permanece até nos dias de hoje. Candidatou-Se novamente em 2016 conseguindo eleger-se pelo PMDB com a contagem de 271 votos. No dia três de fevereiro de 2017, sua filha Jéssica Cristina Silva Prado formou-Se em Psicologia.
Visualizar Perfil
Claudiney Teté
CLAUDINEY GONÇALVES CAMARGO
PSC – Partido Social Cristão

(35)84458044
Claudiney Gonçalves Camargo, mais conhecido por Teté, nascido em 30 de Novembro de 1973 , natural de Paraguaçu, filho de Luis Camargo e Maria Auxiliadora Gonçalves Camargo, atualmente é casado com Adriana Gonçalves Alves Camargo pai de 2 filhas, Jessica Gonçalves Camargo e Geisiane Gonçalves Camargo, estudou na sua infância na Escola Municipal Alfredo Galdino e começou a trabalhar de lavrador na Ipanema Agro Indústria aos 14 anos de idade, posteriormente trabalhou na Empresa Paraguaçu Têxtil, onde ficou por 6 anos, em seguida trabalhou na cidade vizinha de Elói Mendes na Empresa Souza Campos como tecelão. No dia 13 de Outubro de 2000 deparou-se com uma situação (Uma mulher estava chorando na rua, precisando de doadores de sangue para seu filho que estava hospitalizado devido a um acidente, eram 14:00 hrs e a mulher não havia conseguido encontrar nenhum doador desde a manhã daquele dia e então Teté se comoveu-se e saiu a procura de doadores, conseguiu 20) que posteriormente o levaria a desenvolver um trabalho social voluntário, formando um grupo de doadores de sangue denominadoGRUPO DE DOADORES DE SANGUE SALVANDO VIDA, AMOR AO PRÓXIMO, Hoje o Grupo conta com cerca de 1300 doadores, que todo o sábado se dispõem a doar um pouco de seu tempo para ajudar o próximo. Atualmente ocupa uma das 9 cadeiras do Legislativo Municipal, eleito com 582 votos nas eleições municipais de 2012; Na câmara ocupa o cargo de secretário da comissão de urbanismo e infraestrutura Municipal.
Visualizar Perfil
Cléber Vigato
CLÉBER VIGATO
PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Pastor João
JOÃO BATISTA MARCIANO
PDT – Partido Democrático Trabalhista

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
José Maria
JOSÉ MARIA RAMOS
DEM – Democratas
Presidente da Câmara Municipal
O vereador esta preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Luizinho da Samantha
LUIZ ANTONIO CORREIA
DEM – Democratas

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Marquinho Trovador
AMERICO FRANCISCO BORGES NETO
PP– Partido Progressista

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Wander do Jovino
WANDER TAVARES SANTOS
PDT – Partido Democrático Trabalhista
O vereador esta preparando sua biografia.


Mais duas empresas são beneficiadas com projetos de lei que cedem imóveis do patrimônio público municipal à atividade industrial

Postado por: Assessoria de Imprensa


 

INCENTIVO AOS NEGÓCIOS

Mais duas empresas foram contempladas pela política estabelecida pelo Executivo de ceder espaços do patrimônio público municipal para a atividade industrial. Na sessão da Câmara do último dia 3 de março, os vereadores aprovaram dois projetos de lei que beneficiam uma companhia do ramo de linhas de costura e outra do ramo de máquinas e equipamentos pesados.

As duas propostas de autoria do Executivo foram aceitas por unanimidade e ganharam as considerações positivas dos vereadores, que as consideraram um avanço para a economia do município.

O primeiro projeto destina, em regime de concessão, um imóvel de 1.894 metros quadrados situado na Alameda Ângelo Sepini, no Distrito Industrial, para a empresa Fonte Construções, Serviços e Meio Ambiente, que atua na cidade de Varginha. O imóvel foi avaliado em R$ 190 mil e já havia sido motivo de concessão pública em 2004, em benefício da empresa Indústria e Comércio de Artefatos de Cimento Mandiboia, que posteriormente paralisou suas atividades.

Como já se observara em propostas de lei semelhante, o projeto estabeleceu cinco requisitos para justificar a concessão. A Fonte deve construir um barracão que vai funcionar como posto avançado na prestação de serviços de mecânica em equipamentos, caminhões, máquinas pesadas e máquinas agrícolas e implantar uma oficina de manutenção de máquinas e equipamentos.

Além disso, a empresa deve obter faturamento médio mensal superior a R$ 200 mil, gerar 25 empregos diretos e indenizar as benfeitorias existentes no local junto à Cimentos Mandiboia, a antiga concessionária.

“O município tem implantado a política interessante de disponibilização de imóveis para empresas como forma de fomentar a atividade industrial e gerar receitas. E a empresa Fonte tem como um dos requisitos básicos gerar 25 empregos diretos, o que eu considero algo de extrema importância para o nosso município, além de diversificar a nossa economia”, ponderou Professor Rafael.

“A falta de emprego em nosso município é bastante considerável. Então no momento em que uma empresa instalada vislumbra o oferecimento de vagas a cidadãos de Paraguaçu, é claro que sou totalmente favorável. E trará também uma arrecadação maior para o nosso município”, emendou Professor Nildo.

Em caso de descumprimento dos encargos ou ainda de falência, paralisação das atividades ou transferência do imóvel sem anuência do município, o terreno deve ser revertido para o patrimônio público local.

“A gente louva quando vem um projeto dessa natureza, de fazer uma doação para uma empresa que quer crescer junto com a nossa cidade. No passado o terreno foi para outra empresa, então nada melhor que começar logo um outro trabalho e dar serviço para o povo”, destacou Joaquim Bocudo.

 

CONCESSÃO, DEPOIS DOAÇÃO

Entre as duas propostas votadas na noite de 3 de março há uma diferença fundamental: enquanto o projeto que beneficia a Fonte Construções trata da concessão de um terreno, o segundo regulamenta a doação de dois terrenos.

A beneficiada, neste caso, é a Linhanyl, empresa instalada desde 1990 em Paraguaçu e que atualmente emprega 200 funcionários diretos e 40 indiretos na cidade. De acordo com a matéria encaminhada à Câmara, o Executivo doa um imóvel de 312 metros quadrados na Avenida Orlando Alves Pereira e outro de 5.596 metros quadrados na Avenida Euclides Rodrigues, ambos no Distrito Industrial.

As duas áreas já estão sob a pose da empresa desde 2003. Lá a Linhanyl tem construído um barracão de 1.800 metros quadrados, onde funciona toda a logística do setor comercial da firma. Juntos, os terrenos foram avaliados em R$ 530 mil. Entre as exigências firmadas para a doação, a empresa deve manter os empregos que já oferece, priorizar a contratação de mão de obra local e apresentar faturamento superior a R$ 20 milhões.

Novamente houve concordância em plenário.

“Esse terreno já é de concessão de uso dessa empresa. A Linhanyl está no nosso município há quase 25 anos, tem vários funcionários (alguns até se aposentando), é a empresa que mais arrecada ICMS no município. Então é mais que justo que possa receber esse apoio”, salientou Francis da Van.

“A Linhanyl é uma empresa instalada há muitos anos no nosso município. Ela foi e ainda é o primeiro emprego de muitos cidadãos de nossa cidade. Então não tem como ser contrário a esse projeto”, afirmou Rafael da Quadra. “Sou favorável e torço para que a empresa Linhanyl continue dando emprego para o nosso município e gerando renda”, concluiu, por sua vez, Selmo Silva.

 

ESTRATÉGIA POLÍTICA

A doação dos terrenos para a Fonte Construções e para a Linhanyl reforça uma tendência iniciada ainda em 2013 pelo Executivo. Naquele ano os vereadores aprovaram oito projetos de lei enviados pelo prefeito para a doação de terrenos do patrimônio público municipal a empresas da cidade. Foram contempladas a Coomap, Minas Ternos, Indústria e Comércio de Condensadores Aramados, Fortecon, Andrey Confecções, Indústria e Comércio Maia & Maia, Vestsim e Jordhine Confecções. Já em 2014 a política favoreceu a empresa de laticínios Guilherme Sólia Nasser.

 

 


É autorizada a reprodução das notícias mediante a citação da Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Paraguaçu.

Se você possui alguma crítica, elogio, dúvida, sugestão, solicitação ou reclamação, utilize a ouvidoria parlamentar .