Antes de votar projetos que podem doar imĂłveis Ă  Coomap, vereadores visitam obras da nova sede da cooperativa paraguaçuense – Câmara Municipal de Paraguaçu

Antes de votar projetos que podem doar imóveis à Coomap, vereadores visitam obras da nova sede da cooperativa paraguaçuense

porederpcu

Antes de votar projetos que podem doar imóveis à Coomap, vereadores visitam obras da nova sede da cooperativa paraguaçuense


 

POLĂŤTICA AGRĂŤCOLA

IMG_6138

Ainda no mês de março dois projetos enviados pelo Executivo entraram na pauta da Câmara dando continuidade à política de incentivo do poder público ao empreendedorismo em Paraguaçu. As duas matérias transferem imóveis do patrimônio municipal à Coomap, a Cooperativa Mista Agropecuária de Paraguaçu.

Os terrenos estão situados no Distrito Industrial e, caso realmente sejam concedidos à entidade, vão fortalecer o plano de expansão da cooperativa paraguaçuense. Mas antes de levar à matéria para a votação em plenário, os vereadores visitaram o espaço onde a Coomap já está construindo sua nova sede, também no Distrito Industrial, e onde já funciona o armazém de estocagem de produtos agrícolas, em especial o café.

Guiados pelo gerente executivo Renato José de Melo durante toda a tarde de 30 de março, os parlamentares conheceram de perto o trabalho já desenvolvido no espaço, que materializa como poucos lugares em Paraguaçu a pujança da nossa vocação agrícola.

FullSizeRender (2)

Lançado em outubro de 2011, o projeto de edificação da nova sede e da ampliação da capacidade de armazenagem da Coomap deve ser concluído no segundo semestre desse ano. A ideia é solucionar um conhecido gargalo estrutural, uma vez que a atual sede da entidade, apertada na Rua Aureliano Prado, já não suporta o crescimento verificado nos últimos anos.

Para isso, a Coomap direcionou seu foco no terreno de 11.400 metros quadrados onde já mantinha o barracão de armazenamento de café. O custo total da obra, de acordo com previsões iniciais, chega na casa dos R$ 2,3 milhões, voltados a edificar um complexo espaçoso que inclui dois galpões de estocagem, departamento de café, loja comercial, salas administrativas, depósitos e estacionamento para até 60 veículos. A área construída total deve chegar a 3.470 metros quadrados.

Assim que as obras estiverem prontas, a cooperativa terá condições de armazenar quase 100 mil sacas de café, triplicando a sua capacidade anterior. Deve-se ampliar também a linha de produtos comercializados, com uma área destinada ao show room de produtos especializados. Além disso, a nova sede vai abrir espaços para um auditório para 120 pessoas, refeitório, vestiários, sala de atendimento veterinário, sala de recepção com acesso a internet, entre outras instalações.


Sobre o Autor

ederpcu administrator

Deixe uma resposta