Com aprovação unânime da Câmara, aeroporto municipal de Paraguaçu ganha nomenclatura oficial – Câmara Municipal de Paraguaçu

Com aprovação unânime da Câmara, aeroporto municipal de Paraguaçu ganha nomenclatura oficial

porederpcu

Com aprovação unânime da Câmara, aeroporto municipal de Paraguaçu ganha nomenclatura oficial


Aviação municipal

Os anos dourados da aviação em Paraguaçu ficaram no passado, mas a atividade deixou seu legado na cidade com a formação de vários exímios profissionais do ramo. Um deles acaba de receber uma significativa homenagem da Câmara, a partir da aprovação unânime de um projeto de lei no último dia 10 de novembro. Palco de grandes acontecimentos nos meados do século passado, o aeroporto local nunca teve uma denominação regulada por lei. Uma proposta firmada pelo vereador Francis da Van alterou esse quadro ao conferir ao espaço o nome do comandante Virgílio Borim. Em plenário, o autor da matéria explicou a ideia da homenagem.

“O aeroporto hoje passa a se chamar Aeroporto Municipal Comandante Virgílio Borim. É um lugar onde o homenageado viveu sua vida. Virgílio era conhecedor da aviação, dos aeroportos, uma pessoa que levou o nome de nosso município para todo o Brasil”, argumentou Francis.

Para os demais vereadores, a iniciativa configura um merecido reconhecimento à atuação de Virgílio e a toda a sua família.

“Isso vai ficar para a eternidade. E o Virgílio foi uma pessoa muito boa que eu conheci. É bem merecido e muito bem lembrado”, afirmou Joaquim Bocudo.

“Virgílio foi uma pessoa exemplar, um homem que viveu sempre corretamente, de comportamento exemplar, trabalhador, sempre na atividade da aviação. Ele prestou serviços relevantes para o nosso município”, ressaltou José Maria Ramos.

Para o petista Professor Rafael, além de justa, a homenagem deve servir como um incentivo para que o aeroporto volte a receber atenção do poder público e retome suas atividades.

“Entendo ser de bom grado a escolha, uma vez que Virgílio sempre atuou na área da aviação. Eu espero que a aprovação desse projeto possa ser um pontapé inicial para a recuperação do espaço, para que ele possa voltar um dia a ser utilizado com frequência e esteja a serviço da nossa cidade e das pessoas da região, o que também é de grande importância, inclusive para valorizar o nome do homenageado”, destacou.

BIOGRAFIA

Virgílio Borim nasceu em Paraguaçu em 15 de julho de 1954, filho de Vilma Muoio Borim e Delmo Borim. Estudou no Ginásio Salesiano e em 1974 iniciou seus primeiros voos no aeroclube de Juiz de Fora, onde se brevetou como piloto privado e comercial. Sua primeira ocupação se deu na Servitaxi, em 1977, cobrindo a região do Norte de Minas. Já em 1980 Virgílio transfere-se para Alfenas. Casou-se em 1981 com Nailena Leite, com quem teve is filhos Carolina, Thiago e Lucas. Um ano depois de se casar, o paraguaçuense partiu para Itaituba, no sul do Pará, cidade onde começou a fazer voos para o garimpo. Na sequência atuou no mesmo ramo na capital de Roraima, Boa Vista, por 15 anos. De volta à terra natal, habilitou-se como piloto agrícola e trabalhou em safras de 1999 até este ano de 2015. Virgílio faleceu em sua residência no último dia 8 de junho, vítima de embolia pulmonar.


Sobre o Autor

ederpcu administrator

Deixe uma resposta