CÂMARA ABRE MÃO DE PARTE DO SEU ORÇAMENTO PARA QUE MUNICÍPIO INSTALE CÂMERAS DE SEGURANÇA DO PROJETO OLHO VIVO – CĂąmara Municipal de Paraguaçu

CÂMARA ABRE MÃO DE PARTE DO SEU ORÇAMENTO PARA QUE MUNICÍPIO INSTALE CÂMERAS DE SEGURANÇA DO PROJETO OLHO VIVO

porederpcu

CÂMARA ABRE MÃO DE PARTE DO SEU ORÇAMENTO PARA QUE MUNICÍPIO INSTALE CÂMERAS DE SEGURANÇA DO PROJETO OLHO VIVO


A segurança pĂșblica foi o centro das discussĂ”es de um encontro realizado na sede da Prefeitura na tarde do Ășltimo dia 17 de maio. AlĂ©m do prefeito JosĂ© TibĂșrcio do Prado Neto, outras nove pessoas participaram da reuniĂŁo, que debateu a possibilidade de inserir Paraguaçu no projeto Olho Vivo, em que um sistema de videomonitoramento urbano complementa e aprimora as açÔes de segurança no municĂ­pio e, possivelmente, as integra Ă s de outras cidades da regiĂŁo.

A ideia inicial Ă© que sejam instaladas atĂ© 17 cĂąmeras, que estariam encarregadas de fazer dois tipos de monitoramento — um voltado a registrar a movimentação nas ruas do perĂ­metro urbano e outro destinado a captar as placas dos veĂ­culos que transitam nas saĂ­das da cidade com a rodovia BR-491. O controle estaria sob a alçada das polĂ­cias Civil e Militar.

Para viabilizar a iniciativa, o encontro firmou uma espécie de trato por meio do qual a Cùmara abre mão de parte de seu orçamento e a transfere ao Executivo para o custeio dos equipamentos. O valor acordado foi de R$ 200 mil, dinheiro que jå no dia 22 de maio acabou oficialmente encaminhado ao caixa da Prefeitura.

Tomaram parte no encontro o presidente da CĂąmara Municipal, AndrĂ© RomĂŁo Nasser; JĂșlio CĂ©sar Silva Costa e Henrique Moterani Rocha, assessor jurĂ­dico e controlador interno da CĂąmara; ClĂĄudia Prado Fressato Rocha, procuradora-geral do municĂ­pio; Paulo Henrique Inoue, presidente do Consep (Conselho ComunitĂĄrio de Segurança PĂșblica de Paraguaçu); tenente Marcelo Elias, comandante da PolĂ­cia Militar em Paraguaçu; Bruno Esteves Costa, delegado da PolĂ­cia Civil; Amanda Vieira Freitas Bressane, analista do MinistĂ©rio PĂșblico; e JoĂŁo Luiz Presciliano, empresĂĄrio do ramo de segurança eletrĂŽnica.


Sobre o Autor

ederpcu administrator

Deixe uma resposta