VIA ABERTA NO LEVA-TAPAS GANHA NOME EM HOMENAGEM A SEBASTIÃO FERREIRA LABECCA

Avatar porCâmara Municipal de Paraguaçu

VIA ABERTA NO LEVA-TAPAS GANHA NOME EM HOMENAGEM A SEBASTIÃO FERREIRA LABECCA


A Câmara de Paraguaçu aprovou, em sessão ordinária realizada na noite de 21 de junho, uma proposta que oficializa o nome de uma via pública recentemente aberta na cidade.

Firmado pelo vereador Luizinho da Samantha, o projeto de lei 007/2021 denomina de Rua Sebastião Ferreira Labecca o logradouro atualmente existente no terreno vago desafetado por um decreto municipal do fim do ano passado que deu acesso à Rua José Ronaldo Leite, no bairro Leva Tapas. O espaço, aliás, está situado na área onde havia uma chácara da família do homenageado.

Em plenário, a matéria foi aceita por unanimidade pelos parlamentares, que ressaltaram a trajetória ilibada de Sebastião e seu exemplo como cidadão trabalhador e honesto. “É um privilégio poder homenagear uma grande pessoa de Paraguaçu, um homem simples, de pulso firme e coração gigante. Teremos o nome dele gravado para sempre e todos que passarem pela rua vão saber que ali viveu um homem exemplar”, destacou o presidente da Câmara e autor da proposta, vereador Luizinho da Samantha.

“Foi uma boa lembrança por se tratar de uma pessoa trabalhadora, que dedicou boa parte da sua vida ao município e que deixou três filhos que são pessoas idôneas, profissionais excelentes”, observou o vereador André Romão Nasser. “Tive o prazer de conhecer o Seu Tião Labecca desde criança. Um taxista que gostava muito de política e construiu uma família idônea. É uma homenagem merecida”, continuou o vereador Wander do Jovino.

“Através dos frutos, nós podemos conhecer a árvore. Eu não conheci Sebastião Labecca, mas a sua família de bem, trabalhadora e honesta a cidade inteira conhece e aprova, e por ela nós podemos saber um pouco do caráter do homenageado. É um gesto simples, mas de carinho”, enfatizou Ruan Bressane.

Edmar Tavares foi mais longe e relembrou um episódio em que Sebastião Labecca foi crucial num momento de muita dificuldade: ainda bebê, o vereador apresentava um problema grave de saúde e sua mãe, vindo do distrito de Guaipava para a cidade, recebeu apoio do taxista, que lhe garantiu o transporte e a encaminhou ao médico especializado. “Eu agradeço por ocupar esse espaço e poder fazer essa homenagem ao Tião Labecca, uma pessoa que praticamente salvou a minha vida”, comentou.- Família e trabalho -Filho de Ana Cândida Labecca e José Ferreira da Silva, Sebastião Ferreira Labecca é paraguaçuense nascido em 19 de janeiro de 1936 numa família de 12 irmãos. Desde muito cedo conciliou os estudos com o trabalho, auxiliando o pai na marcenaria onde aprendeu o ofício. Além de marceneiro, ao longo da vida atuou como comerciante, negociando mudas de café e gado, e motorista de táxi, profissão que exerceu até o dia de sua morte. Transportava alunos para o Juvenato e para faculdades da região, além de romarias para Aparecida do Norte-SP.

Sebastião casou-se com Maria Salomé Ferreira Silva, com quem teve os filhos Domingos Sávio, Rosilene e Analu e para quem pôde oferecer, com a ajuda da esposa costureira, formação superior, motivo de muito orgulho familiar. Domingos é farmacêutico/bioquímico, enquanto Rosilene e Analu são professoras.Com 63 anos de idade, ainda muito ativo e participativo nas questões comunitárias em Paraguaçu, Sebastião morreu vítima de infarto no dia 30 de janeiro de 1999.


Sobre o Autor

Avatar

Câmara Municipal de Paraguaçu administrator

Deixe uma resposta