Curso Básico de Libras 1

Home  >>  Cursos  >>  Curso Básico de Libras 1

Formulário para inscrição

 

Curso Básico de LIBRAS

“Quando eu aceito a língua de outra pessoa, eu aceito a pessoa. Quando eu rejeito a língua, eu rejeitei a pessoa porque a língua é parte de nós mesmos. Quando eu aceito a língua de sinais, eu aceito o surdo, e é importante ter sempre em mente que o surdo tem o direito de ser surdo. Nós não devemos mudá-los, devemos ensiná-los, ajudá-los, mas temos que permitir-lhes ser surdo.” Terje Basilier.

Justificativa:

Atualmente a educação inclusiva é tema de discussão em diferentes espaços sociais, não se restringindo apenas a ambientes frequentados por educadores, mas na comunidade como um todo e em Cerquilho percebemos o quanto avançamos neste aspecto. A realidade das nossas salas de aula tem se alterado nestes últimos anos e a contratação de uma intérprete de LIBRAS em nosso município atesta esta nova realidade. Sabemos, porém que isso não significa que todos tenham uma clareza teórica e muito menos prática do que implica essa proposta de educação. Por isso, ofereço o curso básico de LIBRAS. Com este projeto os conceitos, princípios e as estratégias educacionais inclusivas possam ser respondidos e contemplem as necessidades educacionais especiais dos alunos propiciando seu desenvolvimento social, afetivo e cognitivo.

Objetivo geral

•Proporcionar formação aos profissionais da Educação;

• Possibilitar aos mesmos o acréscimo em seus conhecimentos e consequente melhora na atuação pedagógica;

• Possibilitar formação aos docentes para a comunicação básica em LIBRAS.

Objetivos específicos:

• Propor o debate e a análise de pontos relevantes e contraditórios existentes na implantação da educação inclusiva do aluno surdo;

• Viabilizar trocas de experiências;

• Socializar experiências positivas e dificuldades encontradas no trabalho com o aluno surdo;

• Formação básica em LIBRAS.

Público alvo

• Professores, Graduandos do curso de Pedagogia, comunidade, família de surdos.

Ministrante

Natália Miranda de Lima Grechi

• Intérprete de LIBRAS – Portadora de certificado de Proficiência em LIBRAS – PROLIBRAS (2008/Nível Médio).

• Intérprete autorizada pelo Cas de Varginha desde de 2007 até o dia de hoje;

• Ministrou aulas na EDUCALIBRAS em São Paulo;

• Participou de cursos e atualizações oferecidos pelo Cas Varginha • Intérprete voluntária na Unifenas

Carga horária do curso:

• 60 horas, sendo que destas:

• 50 horas serão de aulas presenciais;

• 10 horas serão de aplicabilidade em sala de aula e leituras dos textos fornecidos.

Cronograma da capacitação – Um idioma que se vê

1. O que é LIBRAS?

2.PARAMETROS DA LIBRAS Configuração/ponto de articulação.

. Orientação/movimento.

• Soletração em LIBRAS – Dactilologia;

• Atividade prática em LIBRAS. – A inclusão do aluno surdo A história da educação do surdo: 1. Surdo ou Deficiente Auditivo?

2. Inclusão ou Integração?

• Soletração em LIBRAS – Dactilologia;

• Atividade prática em LIBRAS.

Família e escola

• Reflexões sobre a inclusão – a chegada do aluno:

• Qual a diferença de LIBRAS e Português Sinalizado;

• Soletração em LIBRAS – Os números;

• O nome próprio;

• Aula prática em LIBRAS;

• Legislação Brasileira: 1. Lei Federal nº. 10.098/200; 2. Lei Federal nº. 10.436/2002;

• Constituição Federal (1990);

• Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (1996);

• LIBRAS: O alfabeto, os números, o nome e o endereço;

• Prática em LIBRAS.

• O mundo dos surdos;

• Gramática – As estruturas gramaticais em LIBRAS;

• A ordem das frases em LIBRAS;

• Expressão facial e corporal;

• Atividade prática em LIBRAS; – O intérprete de LIBRAS

• O intérprete em sala de aula;

• O que é relevante saber em LIBRAS?

• Materiais em LIBRAS disponíveis no mercado;

• Atividade prática em LIBRAS. – Gramática e aula prática.

• Gramática – Família, escola e alimentos;

• Atividade prática em LIBRAS;

• Exercícios de fixação do que foi aprendido. – Gramática e aula prática

• Gramática – Hora, semana, mês e ano;

• Estados do Brasil e regiões do mundo.

• Comunicação sem voz;

• Atividade e entrevista com família/aluno surdo – Debates, Conclusões e palestra de encerramento.

• Exercícios de fixação do que foi aprendido.

• Avaliação da Capacitação; Observação:

• Quantidade de Vagas: Turmas a partir de 20 a 30 alunos.

• O conteúdo ou cronograma podem ser alterados durante a capacitação caso haja a necessidade.

Certificação

• Haverá certificado de 60 horas para os profissionais que apresentem apenas 2 (duas) faltas justificadas nas aulas presenciais.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS. Aranha, Maria Salete Fábio – Saberes e Práticas da Inclusão: Desenvolvendo competências para o atendimento às necessidades educacionais especiais de alunos surdos (4ª ed.). Brasília: MEC, Secretaria da Educação Especial (2006). Freeman, Roger D. – Seu Filho Não Escuta? Um guia para todos que lidam com crianças surdas. MEC/CORDE – Brasília, 1999. Guia dos Direitos das Pessoas com Deficiências (4ª ed.). OAB/SP – São Paulo: 2007 Honora, Márcia – Livro Ilustrado de Língua Brasileira de Sinais: desvendando a comunicação usada pelas pessoas com surdez. São Paulo: Ciranda Cultural- 2009. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MEC, Secretaria da Educação Especial (1998). Paula, Ana Rita de – Educação Inclusiva: um guia para o professor – São Paulo: SORRI-BRASIL, 2006. Referencial Curricular Nacional da Educação Especial – Brasília: MEC, Secretaria da Educação Especial (1998).

 

São 25 vagas ao todo, caso haja numero maior que 25 inscritos a seleção será feita por ordem de inscrição;

 

Serão aceitas somente as inscrições realizadas através do nosso formulário eletrônico, efetuadas entre o dia 08/07/2017 até o dia 15/07/2014 às 23:59hs;

 

As aulas acontecerão nos seguintes dias:

19/07 – 5 horas, das 8:00 às 13:00
28/07 – 3 horas, das 19:00 às 22:00
30/07 – 3 horas, das 19:00 às 22:00
02/08 – 5 horas, das 8:00 às 13:00
04/08 – 3 horas, das 19:00 às 22:00
06/08 – 3 horas, das 19:00 às 22:00
09/08 – 5 horas, das 8:00 às 13:00
11/08 – 3 horas, das 19:00 às 22:00
13/08 – 3 horas, das 19:00 às 22:00
16/08 – 5 horas, das 8:00 às 13:00
18/08 – 2 horas, das 19:00 às 20:00
23/08 – 5 horas, das 8:00 às 13:00
30/08 – 5 horas, das 8:00 às 13:00

*Os alunos excedentes serão convocados para compor uma nova turma, assim que um novo curso for aberto.

 

2 Comments so far:

  1. MARCIA MELO FEITOSA disse:

    ANSIOSA PARA FAZER O CURSO

    • ederpcu disse:

      Olá, Marcia.
      Que bom que você tem o interesse. Fique atenta à nossa página no facebook que divulgaremos por lá a formação e uma nova turma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *