Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Rua(obrigatório)

Bairro (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Você pode enviar uma foto

     
Visualizar Perfil
André Nasser
ANDRÉ ROMÃO NASSER
PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Carlos Tourinho
CARLOS ALBERTO PRADO
PMDB – Partido do Movimento Democrático Brasileiro
Carlos Alberto Prado, mais conhecido por Carlos Tourinho, nasceu em Paraguaçu no dia 8 de fevereiro de 1965, filho de Jose Geraldo Prado e Maria Aparecida Prado. Em 1971, iniciou seu curso primário no Grupo Escolar Pedro Leite, transferindo-se para o Juvenato do Sagrado Coração de Jesus, na condição de semi-interno, para a conclusão da quinta a oitava série. Prestou o serviço militar para o Exército em Três Corações, na unidade da Escola de Sargento das Armas, em 1984. Em 1992, casou-se com Lidia Moreira da Silva, filha de José Moreira da Silva e Tereza Cândida de Jesus. Sua primeira filha, Jéssica Cristina Silva Prado, nasceu em 17 de agosto de 1993. Em 1999, nasceu seu filho Pedro Augusto Silva Prado, no dia 9 de julho. Em 2001, candidatando-se pelo PFL, elegeu-se vereador com 322 votos, na época em que Evandro Barbosa Bueno comandava a Prefeitura, sendo seu vice José Geraldo Prado ( Zé Tourinho). Candidatou-se novamente em 2004, conseguindo eleger-se pelo PSL com a contagem de 202 votos. Mas ficando na suplência. Contando com sua grande popularidade, candidatou-se à câmara em 2008, conseguindo eleger-se pelo PSC com a contagem 278 votos, mas ficando mais uma vez na suplência. Em fevereiro de 2009 foi contratado pela Prefeitura de Paraguaçu para exercer a função de chefe de divisão de Meio Ambiente, sendo eleito em segunda votação presidente do Codema (Conselho Municipal de Meio Ambiente) pelo mandato de dois anos, na época em que Gantus Nasser comandava a Prefeitura, sendo seu vice Mauro Nasser (Maurinho). Voltou a estudar em 2010, diplomando-se pelo Centro Superior de Ensino e Pesquisa de Machado com o título de habilitação profissional de Química, como Tecnólogo em Gestão e Perito Ambiental, em 2012 passou a trabalhar na função de balconista da Drogaria Americana. Em 2013 passou a Trabalhar na função de balconista na Drogaria e Farmácia Viva Farma onde permanece até nos dias de hoje. Candidatou-Se novamente em 2016 conseguindo eleger-se pelo PMDB com a contagem de 271 votos. No dia três de fevereiro de 2017, sua filha Jéssica Cristina Silva Prado formou-Se em Psicologia.
Visualizar Perfil
Claudiney Teté
CLAUDINEY GONÇALVES CAMARGO
PSC – Partido Social Cristão

(35)84458044
Claudiney Gonçalves Camargo, mais conhecido por Teté, nascido em 30 de Novembro de 1973 , natural de Paraguaçu, filho de Luis Camargo e Maria Auxiliadora Gonçalves Camargo, atualmente é casado com Adriana Gonçalves Alves Camargo pai de 2 filhas, Jessica Gonçalves Camargo e Geisiane Gonçalves Camargo, estudou na sua infância na Escola Municipal Alfredo Galdino e começou a trabalhar de lavrador na Ipanema Agro Indústria aos 14 anos de idade, posteriormente trabalhou na Empresa Paraguaçu Têxtil, onde ficou por 6 anos, em seguida trabalhou na cidade vizinha de Elói Mendes na Empresa Souza Campos como tecelão. No dia 13 de Outubro de 2000 deparou-se com uma situação (Uma mulher estava chorando na rua, precisando de doadores de sangue para seu filho que estava hospitalizado devido a um acidente, eram 14:00 hrs e a mulher não havia conseguido encontrar nenhum doador desde a manhã daquele dia e então Teté se comoveu-se e saiu a procura de doadores, conseguiu 20) que posteriormente o levaria a desenvolver um trabalho social voluntário, formando um grupo de doadores de sangue denominadoGRUPO DE DOADORES DE SANGUE SALVANDO VIDA, AMOR AO PRÓXIMO, Hoje o Grupo conta com cerca de 1300 doadores, que todo o sábado se dispõem a doar um pouco de seu tempo para ajudar o próximo. Atualmente ocupa uma das 9 cadeiras do Legislativo Municipal, eleito com 582 votos nas eleições municipais de 2012; Na câmara ocupa o cargo de secretário da comissão de urbanismo e infraestrutura Municipal.
Visualizar Perfil
Cléber Vigato
CLÉBER VIGATO
PSDB – Partido da Social Democracia Brasileira

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Pastor João
JOÃO BATISTA MARCIANO
PDT – Partido Democrático Trabalhista

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
José Maria
JOSÉ MARIA RAMOS
DEM – Democratas
Presidente da Câmara Municipal
O vereador esta preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Luizinho da Samantha
LUIZ ANTONIO CORREIA
DEM – Democratas

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Marquinho Trovador
AMERICO FRANCISCO BORGES NETO
PP– Partido Progressista

O vereador está preparando sua biografia.
Visualizar Perfil
Wander do Jovino
WANDER TAVARES SANTOS
PDT – Partido Democrático Trabalhista
O vereador esta preparando sua biografia.

Hino de Paraguaçu

Resumo: Resgatada em 1994, uma composição da década de 1920, de autoria do então juiz Sócrates Brasileiro, foi declarada o hino oficial do município. Conheça a história da música que agora representa Paraguaçu

Noventa e seis anos depois de sua emancipação política e administrativa, o município de Paraguaçu ganhou oficialmente um hino próprio. A proposta de consagrar como tal uma antiga composição da década de 1920 foi aprovada na noite de 11 de dezembro de 2007 na Câmara.

Firmado pelo vereador José Roberto Tomé, o projeto de lei 046/2007 declarou como hino oficial do município de Paraguaçu uma canção de autoria de Sócrates Brasileiro, criada na longínqua data de 12 de fevereiro de 1924.

Naquele ano, o então juiz do termo de Paraguaçu Sócrates Brasileiro foi instado por Emerenciana Prado, à época professora do grupo escolar Pedro Leite, a escrever uma composição que servisse de hino ao recém-emancipado município. Orador competente, poeta brilhante e cultor das artes em geral, Sócrates tomou para si o desafio e, valendo-se do auxílio do maestro Ítalo Tomagnini, elaborou a canção que agora é reconhecida como o hino da cidade.

Carregada do virtuosismo lingüístico do início do século passado, a letra é uma exaltação às belezas naturais de Paraguaçu, aclamada como “terra de luz deslumbrante”. Alinhavada sob rimas envolventes, a música traduz o civismo e o encantamento de quem encontrou em Paraguaçu um lugar aconchegante e acolhedor. “Eu percebi a riqueza e o valor da melodia e resolvi fazer o projeto”, explicou o vereador José Roberto. “Além de bonita, a letra é carregada de significado”, completou.

 

Trabalho coordenado para recuperar uma raridade

 

A trajetória da música de Sócrates Brasileiro ao longo dos anos guarda lances curiosos e seu resgate passa diretamente pela curiosidade e pela obstinação do pesquisador Guilherme Prado. Em 1994, ele encontrou casualmente o original da composição, manuscrito pelo próprio autor e dedicado a Emerenciana Prado. Automaticamente Guilherme associou a letra inscrita no papel com a música que ele costumava cantar nos tempos de colégio, no Pedro Leite.

A partir daí, o esforço para recuperar a canção envolveu várias pessoas. A falecida Íris Gonçalves, que chegou a conviver com Sócrates, relembrou alguns trechos, enquanto Dayde Campos Prado conseguiu a partitura da música. Com este material em mãos, Guilherme solicitou a Ana Cristina Souto Demétrio, boa conhecedora de teoria musical, que restaurasse a melodia.

Cumprida esta etapa, a música original foi restabelecida. Depois disso, a convite da TV Objetiva, a canção foi executada pelo coral de Selma Nasser e gravada no estúdio da emissora. Mais tarde, a acadêmica Marília Dias chegou a ensaiar o hino com turmas da Escola Estadual Alfredo Galdino. A essa altura, estava definitivamente resgatada uma preciosidade de inestimável valor histórico, que até então se perdera no tempo.

 

O hino ao vivo

 

Diante de uma história tão rica, a votação do projeto de oficialização do hino de Paraguaçu exigiria uma sessão legislativa especial. E assim foi. Antes do veredicto dos vereadores, o pesquisador Guilherme Prado fez uma apresentação para explicar como tinha acontecido o resgate da música. Exibindo fotos da década de 1920, ele ainda relembrou passagens deliciosas da vida de Sócrates Brasileiro.

Em seguida, uma turma de 22 alunos da Escola Professor José Augusto entoou a canção, sob o comando da supervisora pedagógica Lucinda Maria de Jesus Andrade Dias (confira a lista dos “cantores” abaixo). Era a inspiração necessária para que os vereadores aprovassem o projeto de forma unânime. “Esta música é uma pedra preciosa que estava escondida e agora está sendo descoberta”, avaliou a vereadora Delma Ribeiro Silva Galdino. A expectativa é que o nosso hino sempre esteja em evidência a partir de agora, como bem lembrou outro edil. “A gente espera que a música seja sempre tocada nas escolas”, comentou Wander Tavares Santos.

O mentor do resgate da composição de Sócrates Brasileiro se mostrou bastante contente com a iniciativa da Câmara. “Há muitos anos eu vinha lutando por este objetivo. Agora estou muito satisfeito”, comentou Guilherme Prado.

 

Quem foi Sócrates Brasileiro

 

O autor da canção que agora é celebrada como hino oficial do município foi juiz do termo de Paraguaçu nos primeiros anos da década de 20. Homem culto e notável orador e poeta, ele sempre se fez presente nas manifestações artísticas da época. Sócrates era habitué das rodas literárias do Ideal Clube, além de colaborador constante do antigo jornal “O Paraguassu”. Na companhia da filha Lúcia, exímia pianista, ele teve participação destacada nas comemorações do centenário da independência, em 1922.

Também se dedicava ao teatro e chegou a compor uma opereta chamada “Doutor da mula russa”, encenada no palco do Ideal Clube em 1923 e de grande repercussão na região. Assim que chegou a Paraguaçu, Sócrates foi morar no extinto Hotel Cosenza, mas depois ele se mudou para uma casa da Rua Ferreira Prado. É provável que lá o juiz tenha permanecido até o momento de sua transferência para Machado, em 1926. A sua despedida da cidade foi lamentada por “O Paraguassu” como uma “lacuna que se abre em nossa sociedade e que dificilmente será preenchida”.

 

A canção concorrente

 

Ainda com o projeto que oficializa a composição de Sócrates Brasileiro como o hino de Paraguaçu em tramitação, o vereador José Roberto Tomé foi procurado por alguns paraguaçuenses que defendiam que o título fosse concedido para outra música: a valsa “Paraguassu”, de Heitor de Oliveira, irmão de Guiomar Machado.

De fato a valsa ganhou muita popularidade na década de 1950, quando Oswaldo Costa se candidatou deputado federal. Como material de campanha, ele confeccionou folhetos que continham no verso a letra composta por Heitor. A divulgação deu notoriedade à música, que passou a ser considerada a canção que melhor representava o município de Paraguaçu. Ela preenchia o vazio deixado pela melodia de Sócrates Brasileiro, que já naquela época começava a ficar esquecida.

Mas o vereador preferiu seguir adiante com o projeto, que acabou sendo acolhido pela Câmara.

 

Conheça a letra do hino oficial de Paraguaçu

 

Salve terra, de luz deslumbrante,
Onde o sol já desponta a sorrir!…
Teu bafejo nos dá, cada instante,
Mil augúrios de um lindo porvir.

(Estribilho)
De Minas, tens toda nobreza,
Paraguaçu, torrão fagueiro,
Honrando sempre a face ilesa
Do grande povo Brasileiro.

De teus braços no doce aconchego
Árduo estudo é tarefa querida:
Toda luta se volve em sossego
Ledo fado conduz nossa vida.

De teus campos infinda uberdade
Tem rebanhos e frutos formosos,
Teus tesouros de imensa bondade
Tem condões que nos fazem
Ditosos.

Bela terra que és nosso agasalho,
De infinita riqueza dispões:
Tens dos filhos a força, o trabalho;
Tens altares nos seus corações.

Os alunos do hino

 

A execução do novo hino de Paraguaçu foi tarefa dos alunos da Escola Professor José Augusto. O projeto de ensaiar os estudantes ficou sob o comando da supervisora Lucinda, que trabalhou com as 3as séries das professoras Selmara Cristina de Souza Alves e Rosélia Marques Alves. Confira a lista completa dos “cantores” mirins:

Alice Bispo Carvalho
Andrew Kenny Araújo Santos
Ataíde Mendes de Souza
Bruna de Fátima Souza Ferreira
Eduardo Lopes Galdino
Elielton Aparecido Roque
Elivelton Vieira Batista
Elizandra da Silva Alves
Flávia Cristina Cassimiro de Paula
Hevellyn Prado Costa
Hingrid Stefany Máximo Dias
Isabela Araújo
Jhenifer Rafaela de Assis Roberto
Leandro Sales Pereira
Luana Brasileiro de Souza
Mayra Souza Oliveira
Natacha Xavier Gomes
Natan Costa Caetano
Nathália Cristina Ferreira
Petterson Batista Couto Cardoso
Rhayana Beatrice Félix
Tainara Almeida

Abaixo a letra do hino original.

Hino de Paraguaçu - Fonte: Arquivos de Guilherme Prado

Lei Numero: 2043
Data: 13/12/2007
Prefeito: Evandro Barbosa Bueno
”Dispõe sobre declaração do hino oficial do Município de Paraguaçu, Estado de Minas Gerais”